Home Dicas Top Guia definitivo sobre lubrificação de bicicletas… Isto é muito importante!
Guia definitivo sobre lubrificação de bicicletas… Isto é muito importante!

Guia definitivo sobre lubrificação de bicicletas… Isto é muito importante!

25.85K
0

Um das principais itens de manutenção de bicicletas são os lubrificantes!

Colaborou com este post: @MXBikes

Graças ao desenvolvimento tecnológico em torno dos equipamentos para ciclismo desenvolvidos nos últimos anos, hoje em dia temos diversas opções de lubrificação para as mais diferentes condições de clima, terreno, tipos de pedaladas, tipos de bicicletas.

No passado, quem é das antigas vai se lembrar, a única opção que tínhamos era o bom e velho óleo Singer, utilizado para máquinas de costura, mas que atendiam razoavelmente bem para a lubrificação de correntes e relação.

A reviravolta do mercado de lubrificação aconteceu quando foram adaptados óleos minerais para o ciclismo, que diferente de outras aplicações, requereu óleos com maior viscosidade. Isto proporcionou a criação de diversas composições químicas diferentes para atender a partes específicas, como por exemplo: óleos de freios, suspensões, correntes, graxas para partes internas, desengraxantes, etc.

À partir daí as empresas investiram no desenvolvimento de produtos específicos para o ciclismo e hoje temos disponíveis varias opções de composição química para diferentes cenários.

Os lubrificantes

A lubrificação é um dos principais itens de manutenção na transmissão da bicicleta, que é essencial para aumentar a durabilidade do cassete, coroas e corrente, garantindo ainda o bom funcionamento do conjunto.

Neste post vamos mostrar os diversos tipos de lubrificantes e suas aplicações… parece simples, mas não é!

Para que servem os lubrificantes?

Quando o ciclista pedala a corrente que está em contato com o cassete e coroas provoca uma fricção ou atrito, que este gera calor e causa o desgaste das peças da bike. O lubrificante é uma substância viscosa que é colocado entre essas peças, para quando estiverem em movimento, reduzirem o atrito, proporcionando um funcionamento mais suave, diminuindo os ruídos e desgaste das peças.

Tipos de lubrificantes para bikes

Escolher o lubrificante ideal para sua bicicleta proporciona uma pedalada mais suave, trocas de marcha mais precisas e evita o desgaste prematuro da corrente, coroas e cassete . Existem algumas condições a considerar ou Bike de estrada, incluindo as condições climáticas, o terreno e o uso da bike.

Lubrificante Úmido (Wet Lube)

São lubrificantes que se mantém úmidos ao toque até que seja removido. É bastante oleoso, o que o torna a prova d’água e ideal para dias chuvosos. No entanto, atrai muita sujeira em condições de clima seco, portanto, limpe qualquer excesso da corrente antes de pedalar.

 

Lubrificante com Cera (Wax Lube)

Lubrificantes com Cera são extremamente secos e cerosos. Alem de lubrificar, mantém sua corrente mais limpa e a grande razão disso é a quantidade de vezes que você deve aplicar. Este tipo de lubrificante deve ser removido ou irá esfarelar com o tempo. Em condições de chuva ou muita lama não duram muito, mas também são os que deixam a menor quantidade de resíduo.

 

Lubrificante seco (Dry Lube)

São lubrificantes úmidos na aplicação, mas que devem secar antes de pedalar. São feitos de teflon ou politetrafluoretileno, que aplicados na forma líquida penetram nos elos da corrente e vãos das partes móveis, deixando uma película de proteção seca, que não atrai partículas como os lubrificantes úmidos. Por estas razões são ideais para terrenos secos onde sua bike terá bastante contato com areia, poeira e sujeira. Só observe que lubrificantes secos se desgastam mais rapidamente, necessitando aplicação mais frequente.

Longa Distância

Para pedalar por longas distâncias, é recomendável o uso de lubrificantes úmidos, que vão durar mais, mas também vão exigir que você limpe o sistema de transmissão com certa frequência e se o terreno tiver muita poeira e areia, ainda é recomendado o uso de lubrificante seco.

 

Graxas

Na bicicleta existem muitas peças que não podem ser lubrificadas com óleos (spray), pois necessitam de uma viscosidade, aderência e resistência ao calor que os sprays não conseguem oferecer, para isso existem vários modelos de graxas que lubrificam os rolamentos de cubos, pedivelas, caixas de direção, rolamentos e buchas da suspensão traseira (Shock), ou até como anti-corrosivo em peças como parafusos, blocagens e canote.

Desengraxantes

Um desengraxante de qualidade deve remover a graxa, óleo e sujeira da relação sem danificar componentes como pastilhas de freio, pintura do quadro, peças em carbono e outros. Geralmente são utilizados sem diluir na corrente, cassete, pedivela e no restante da bicicleta recomenda-se que dilua conforme instruções do fabricante para que não ocorra desgaste da pintura ou remova a graxa dos rolamentos.

Mountain Bike x Bicicletas de Estrada

O fator decisivo neste caso, são as condições climáticas. Se você vai pedalar sua mtb em tempo seco, as chances são de que muita poeira e detritos irão parar na sua transmissão, portanto opte por lubrificantes secos ou com cera e em caso de dias chuvosos, opte por lubrificantes úmidos. No caso das bikes de estrada é mais fácil, como você vai pedalar longas distâncias em estradas limpas, vai precisar de um lubrificante que dure, no caso o úmido, mesmo em condições de tempo seco.

Spray x Gotas

A maioria dos ciclistas mais experientes vai sugerir lubrificantes em gotas, que podem ser aplicados com precisão sobre os elos da corrente e evitar que lubrifique em áreas indesejadas como discos e sapatas de freio. No entanto, o spray, devido à pressão do ar, força o lubrificante para dentro de áreas mais difíceis de remover quando for limpar a corrente com um pano seco.

O que nunca usar

Evite usar WD40 (desengripante) ou outros desengripantes. Eles possuem uma função diferente e são muito finos para lubrificar adequadamente a corrente e atraem muita sujeira, desgastando com maior rapidez.

Em breve gravaremos um vídeo mostrando como realizar uma excelente lubrificação da sua bike.

Deixe sua opinião!!! Vamos compartilhar...

comments

Guilherme Guimarães Guedes Editor e produtor de conteúdos para o site BikeTribe.com.br. Atleta amador de Mountain Bike. Participo de competições por todo o Brasil. Administrador da Equipe Bike Tribe Team. Treinador: Prof. Daniel Adário da Adário Consultoria Esportiva
Please enter Google Username or ID to start!
Example: clip360net or 116819034451508671546
Title
Caption
File name
Size
Alignment
Link to
  Open new windows
  Rel nofollow