1. Home
  2. Dicas
  3. Top
  4. Alimentação
  5. 5 tendências nutricionais dos profissionais de ciclismo da Europa. Top!!!
5 tendências nutricionais dos profissionais de ciclismo da Europa. Top!!!

5 tendências nutricionais dos profissionais de ciclismo da Europa. Top!!!

9.94K
0

A cada dia surgem novas tendências nutricionais com o objetivo de melhorar a performance no ciclismo.

Os especialistas em performance nutricional das principais equipes do mundo se desdobram em descobrir o que pode ser ingerido pelos atletas e que venham a representar segundos de vantagem numa prova. E esta é uma tarefa muito difícil já que cada pessoa, em cada situação, tem necessidades muito particulares.

O certo é que ao encontrar os alimentos corretos, os ganhos são enormes.

Separamos 5 dicas nutricionais que estão fazendo sucesso no planejamento nutricional das principais equipes mundiais para compartilhar com os seguidores Bike Tribe. Aproveitem!

1. Lembre-se dos 3T

-“Temos uma filosofia no Team Sky baseada nos 3T: Timing, Type e Total” (que traduzindo para o português seria Tempo, Tipo e Total), explica o Dr. James Morton, chefe de nutrição da equipe.. “Há pouco benefício em consumir o alimento certo, na quantidade certa, mas na hora errada. Uma das maiores mudanças no planejamento nutricional da Equipe Sky é saber planejar o que será comido e bebido em cada momento – café da manhã, pré treino, almoço, pós treino, e por aí vai…

[irp posts=”2414″ name=”9 melhores dicas dos nutricionistas do Tour de France”]

2. Considere substituir os produtos lácteos

Os problemas de intolerância associado ao fato de que muitos dos nutrientes do leite – vitaminas A, K2, ácidos graxos e ômega-3 – são encontrados em outras fontes de gordura (e que hoje são removido do leite para criar versões desnatadas) levou a uma mudança no padrão alimentar dos atletas. Mark Cavendish é um dos vários que optaram por versões baseadas em vegetais, como o leite de amêndoas ou de soja. -“O leite me deixava com a sensação de inchaço e com desconforto intestinal”, disse ele.

[irp posts=”436″ name=”Super suco Bike Tribe pós treino. Fácil e muito nutritivo”]

3. Adoçar com Agave

Ciclistas profissionais estão se voltando para xarope feito de néctar de agave para adoçar bebidas e refeições como mingau pré treino e café. -“Agave é uma vez e meia mais doce do que o açúcar, portanto é necessário menos quantidade para adoçar os alimentos”, explica o Dr. Morton.

[irp posts=”17″ name=”Os super alimentos que os ciclistas devem consumir para melhorar sua performance”]

O Agave é uma planta de origem mexicana semelhante a um cacto e que através de processo de prensamento e filtração dá origem à um néctar que substitui o açúcar. Além de menor índice glicêmico (reduzindo portanto os picos de insulina) ele é muito rico em minerais fundamentais para os ciclistas: ferro, zinco e magnésio, que são importantes para a regulação das nossas contrações musculares.

4. Adicione Quinoa à sua dieta

Considerado uma especiaria culinário de classe média, a Quinoa tornou-se comum no café da manhã dos ciclistas profissionais, além de muito consumido no almoço e jantar. -“É um alimento muito versátil com quase o dobro de proteína que outros tipos de grãos”, explica Georgia Bellas, nutricionista da Fresh Fitness Food e conselheiro da Equipe Nacional de Ciclismo Britânico. -“Ele funciona como cereal para o café da manhã ou como um substituto para massas.” Chefes de cozinha e ciclistas da equipe Tinkoff incluem Chia para dar, e Quinoa para adicionar doses extras de proteína em omeletes, refeição típica pós treino.

Para quem não sabe, as proteínas são fundamentais na recuperação pós treino sendo o nutriente mais adequado para recomposição e reconstrução muscular.

[irp posts=”376″ name=”Suplementação para Ciclistas, o Guia Definitivo. Curto e Grosso!”]

5. Coma alimentos que são ricos em aminoácidos de cadeia ramificada

-“Os aminoácidos de cadeia ramificada [BCAAs] são os aminoácidos que seus músculos podem usar com maior facilidade”, explica a nutricionista esportiva Emma Barraclough. Eles são encontrados em alimentos comuns, especialmente carnes, produtos lácteos e leguminosas. Por anos os nutricionistas usaram estes nutrientes como suplementos rápidos do reparo dos músculos, mas agora, depois de vários estudos, os ciclistas estão utilizando suas qualidades da recuperação também durante o treino, adicionando-os às bebidas que levam durante o pedal.

Gostou? Comente… compartilhe com seus amigos!

Nos ajude a produzir cada vez mais conteúdos para você.


Está gostando do post? Custa nossa fanpage e fique por dentro de tudo sobre bikes!!!


Bike Tribe Um site para apaixonados por Mountain Bike e Ciclismo. Dicas de treinamentos, nutrição esportiva, técnicas, equipamentos e muito mais. Todas as informações para os amantes das bicicletas. Fale conosco para divulgar seus produtos e serviços. Seja um articulista.
Please enter Google Username or ID to start!
Example: clip360net or 116819034451508671546
Title
Caption
File name
Size
Alignment
Link to
  Open new windows
  Rel nofollow