Home Dicas Top Alimentação Perder peso pedalando! O que é verdade ou mentira?
Perder peso pedalando! O que é verdade ou mentira?

Perder peso pedalando! O que é verdade ou mentira?

2.12K
0

Você tem tentado perder alguns quilos para evitar ficar para trás nas subidas e isso está lhe custando muito caro!

Além disso, você está ficando louco com os conselhos que ouve, já que alguns lhe dizem para parar de ingerir carboidratos, outros dizendo que você deve comprar suplementos e outros que você deve treinar com o estômago vazio…

O que é verdade ou o que é mentira nesta conversa toda?

É normal que isto nos deixe malucos, porque no campo da nutrição existem muitas modas e tendências que no final, o que fazem é confundir as pessoas. Além disso, indústria alimentícia e empresas de suplementos fazem muito marketing relacionado a produtos ou alimentos, garantindo que você vai perder peso ao consumir um monte de pós, capsulas e bebidas milagrosas.

MAIS:  Será que o peso do ciclista realmente importa?

A única verdade nisso tudo é que para perder peso, o balanço energético deve ser negativo, ou seja, as calorias consumidas devem ser maiores que as calorias ingeridas independentemente do tipo de alimento que ingerimos.

Mas o mais importante de tudo é que esta perda de peso deve ser mantida ao longo do tempo, isto é, temos de fazer uma mudança em nossa maneira de comer para sempre, porque se após a perda de peso inicial eu volta a comer como antes irei recuperar o peso perdido e terei ter que começar tudo de novo.

NÃO CHAME DE DIETA

Evite usar a palavra dieta! Prefira chamar de “mudança no estilo ou a forma de se alimentar”. Vamos ver um exemplo muito simples. Imagine que estamos acostumados a tomar 2 ou 3 cafés com leite e açúcar por dia. Um bom hábito para o futuro seria se acostumar com o café sem açúcar. Embora a princípio isso seja um pouco custoso, quando você se acostumar, descobrirá que apreciará mais o sabor do café do que o açúcar. Sim, é claro, todas essas mudanças precisam de um esforço pessoal, já que nosso corpo, por questões de sobrevivência, desenvolveu atração especial por alimentos menos saudáveis, ou seja, os ricos em gordura e açúcar.

O BALANÇO ENERGÉTICO

Voltando ao conceito de balanço energético, existem três opções : queimar mais calorias, comer menos calorias ou ambos. A última opção é a mais eficaz!

Para consumir mais calorias, quanto mais intenso o exercício, melhor. Naturalmente, terá que ser uma intensidade que lhe permita manter-se por pelo menos 45 minutos pedalando duro, porque, do contrário, no final você estaria “queimando” menos calorias totais.

Para se ter uma ideia, um ciclista com cerca de 75 kg, a 20 km/h consome cerca de 600 kcal por hora. Se ele pedalar a 24 km/h consumiria 900 kcal, ou seja, se aproximaria do topo da queima de calorias horárias.

MAIS:  Os super alimentos que os ciclistas devem consumir para melhorar sua performance

Se em alguns dias não podemos treinar com a bicicleta, uma maneira muito simples de aumentar o gasto calórico é simplesmente caminhar em um bom ritmo. Vá para o trabalho à pé, suba escadas, caminhe com seu cachorro, varra seu quintal… ou seja… #levantadosofa como diria nosso amigo, o Prof Marcos Reis.

Além de aumentar o gasto calórico, reduzir o consumo de calorias na dieta é fundamental. Em geral, as refeições mais calóricas que devemos tentar eliminar da nossa dieta seriam as seguintes:

  • comida industrializada
  • sorvetes, achocolatados
  • doces
  • bebidas alcóolicas
  • batatas fritas e sanduiches
  • alimentos fritos
  • refrigerantes
  • bebidas açucaradas

Isso não significa que você nunca pode “cometer um pecado”, mas se incluirmos esses alimentos na nossa dieta diária fica mais complicado atingir os objetivos.

Bom mesmo é substituir esses alimentos por opções mais saudável, como legumes, frutas ou legumes.

Tudo isto parece óbvio, clichê e super batido… mas o fato é que pouca gente está disposta a agir!

Portanto a palavra mais importante deste post é: ATITUDE!

O conselho final é que, se estivermos realmente interessados ​​no assunto, devemos procurar uma nutricionista esportivo qualificado para nos guiar e nos ensinar a comer corretamente. Uma nutricionista qualificado é uma pessoa que estudou nutrição e dieta voltado para o esporte, e é melhor do que um endócrino, e, claro, muito melhor do que qualquer pessoa com um curso simples de nutrição. O nutricionista esportivo saberá entender suas necessidades calóricas para se dar bem no esporte sem perder de vista a questão performática (baixo peso / alta potência) que nosso duríssimo esporte requer.

MAIS:  9 melhores dicas dos nutricionistas do Tour de France

Deixe sua opinião!!! Vamos compartilhar...

comments

Bike Tribe Um site para apaixonados por Mountain Bike e Ciclismo. Dicas de treinamentos, nutrição esportiva, técnicas, equipamentos e muito mais. Todas as informações para os amantes das bicicletas. Fale conosco para divulgar seus produtos e serviços. Seja um articulista.
Please enter Google Username or ID to start!
Example: clip360net or 116819034451508671546
Title
Caption
File name
Size
Alignment
Link to
  Open new windows
  Rel nofollow